Terça-feira, 19 de Maio de 2009

Furtivo

Sinto seus mimos e seus mamilos, seu umbigo roçando em mim.

Sou parte dela ? Sua vida, Anjo, sou uma parte boa ?

 

tags:
descrataquizado por oddie às 01:53
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 13 de Abril de 2009

"Quero a forma perfeita, o beijo, o cheiro do Apolo ruivo."

Andou apressada, quase não viu o semáforo na segunda quadra, que é cortada por uma avenida.Ouviu uns palavrões de certo motorista, não deu a mínima.Correu um pouco...mas já era tarde demais : avistou o portão sendo fechado pela inspetora, assim que pisou no quarteirão da escola.Teria que esperar até a segunda aula.

Ótimo jeito de começar seu aniversário de dezesseis anos.
Sentou embaixo de uma árvore da qual não sabia o nome e nem tinha interesse em saber, embora gostasse muito dessa arvore não se sabe bem o motivo...imaginava que talvez fosse pela sombra, sempre muito acolhedora, especialmente nas tardes quentes, quando costumava ficar ali com algumas amigas depois da aula...conversando sobre o nada...ou se era pelas flores cor-de-rosa, que não era sua flor ou cor favorita, mas deixava um cheiro agradável pelo ar.Quem sabe simplesmente fosse o beijo, seu primeiro beijo, que aconteceu nas primeiras semanas de escola, lá pela quinta série.Um tal de Rodrigo.

Anulara a opção do beijo.Havia tido gosto de cachorro quente com mostarda.

Ela odiava mostarda.

 

descrataquizado por oddie às 22:15
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Segunda-feira, 30 de Março de 2009

O Novo Borboletário

 

Andam dizendo que estou escrevendo coisas incoerentes. Coisas que não condizem com a verdade, com a minha situação ilusória de bem-estar e satisfação com as coisas certas. Andam dizendo, com isso, que sou um hipócrita. Que minha vida regrada não condiz com a postura pornográfica e libertária desse sítio. Que meu passado marcou feito ácido minha pele parda, e desde então, nunca mais fui o mesmo. Minha religião nova me impede de mergulhar nas coisas improprias, nas coisas juvenis e nas coisas indecentes que o lado feio da minha vida oferece.
Dizem que essa moderação gerou um estranho anseio pela maldade, me obrigando a escrever nessas linhas invisíveis coisas que gostaria de ter feito, de ter dito, de ter vivido. Ora, pobres daqueles que acreditam apenas no que veem ( sem enxergar, nunca ). 

Pois a maior sacada do diabo é ocultar a sua existência, entre as coisas humanas, entre as coisas santas. Os demonios são mais espertos do que se imagina.

Andam dizendo que eu ainda a amo, que essa moderação toda surge daí. Deveras fosse verdade ! Pois talvez eu sentiria mais do que essa tremedeira ao ouvir sua voz, no telefone, escondido, gaguejasse ao ouvi-la falar e respirasse como boi em matadouro. Talvez se a amasse, a deixasse partir. Aí então, nunca mais. Aí então, feliz.

 

 

música: Borboleta parece flor que o vento tirou pra dançar...
descrataquizado por oddie às 14:27
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 22 de Janeiro de 2009

á pequena columbina

da série de cartinhas de amores diferentes que ficaram para trás

 

"Sabe, talvez seja por ter te esbarrado numa fase meio escura que é aquela em que os meninos são jogados no mundo sujo dos adultos, ou talvez seja por causa do meu ambiente não possuir o mesmo brilho que eu se lembrava do tempo das tardes quentes e intermináveis que precedia os natais, tardes que eu adoro e que aparentam estar perdidas em algum lugar distante no passado, ou talvez seja mais um amorzinho bom, bobo e platônico, que agente acaba de um jeito ou de outro tentando esquecer.

É Columbina, são esses "talvezes" todos que dão um brilho diferente ao seu sorriso, um brilho capaz de preencher um pouco a mais de vida momentos como esse, em que no silencio do meu quarto, sentado na frente do computador, posso sentir de uma maneira terna e angustiante a certeza de que ainda exista alguma coisa bela e pura no meio de todo esse caos que se encontram os homens, que no meio de tudo isso exista algo perfeito, e isso é você, esse é seu dom, e disso eu não desistiria nunca...

Mesmo talvez sendo nada mais do que mais um.

( um "mais um" bem ausente, se quer saber )
·... mas como eu disse, essas coisas são feitas de talvez, e que 2008 seja repleto deles... "

 

 

"...E a tarde se desfaz caindo assim a noite aproximando esses seres separados por questões, reunidos pelo melhor deles: a compreensão e o amor que sentiam  um pelo outro !!!"

 

não um alerquim, não um pierrot

 

um Anjo.

 

descrataquizado por oddie às 16:51
link do post | comentar | favorito

.Abril 2010

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Furtivo

. "Quero a forma perfeita, ...

. O Novo Borboletário

. á pequena columbina

.arquivos

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO